Cerimónia assinala amanhã Revolta da Madeira

Foto Madeiraphoto

O Governo Regional vai promover amanhã, domingo, dia 4 de Abril, uma cerimónia evocativa da Revolta da Madeira, no Largo Charles Conde de Lambert.

Pelas 11 horas, realizar-se-á o acto comemorativo de deposição de flores no monumento dedicado à ‘Revolta da Madeira’, com a presença da tradicional Guarda de Honra do Corpo de Bombeiros Sapadores do Funchal e Corpo de Bombeiros Voluntários da Madeira. Em representação do presidente do Governo Regional da Madeira, estará Jorge Carvalho, secretário regional da Educação.

A Revolta da Madeira foi um levantamento militar contra o governo da Ditadura Nacional (1926-1933), que ocorreu na ilha da Madeira, iniciando-se na madrugada de 4 de Abril de 1931, há, precisamente, 90 anos. Foi esmagada por tropas vindas do continente.

O vice-presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Prada, estará amanhã em representação do presidente do parlamento regional no Acto Comemorativo de Deposição de Flores no Monumento dedicado à “Revolta da Madeira”.