JPP lamenta “chumbo” de debate de urgência sobre a Saúde

O JPP realizou uma conferência de imprensa, na qual deu conta do chumbo ao requerimento da sua autoria, para a realização de um debate de urgência sobre o Serviço Regional de Saúde, na RAM, num momento em que este sector se encontra particularmente afectado pela Covid-19.

Paulo Alves, porta-voz da iniciativa, deu conhecimento que “segundo a maioria parlamentar PSD/CDS, o requerimento do JPP vai ao encontro do debate mensal do passado dia 27 de Janeiro, com o tema “SARS COV-2 – COVID-19 – Situação Epidemiológica”, não tendo considerado, por isso, pertinente, aprovar o requerimento apresentado.”

“O JPP recorda este PSD/CDS que, muitas das questões levantadas pelos deputados ficaram por responder, escudando-se o Governo Regional em discussões partidárias, autênticas futilidades, subalternizando a importância da matéria em discussão, num completo desrespeito pelo Órgão Representativo da Região Autónoma da Madeira, órgão este que tem poder legislativo e fiscalizador de toda a ação governativa.”

Nesse sentido, o JPP insiste na urgência de conhecer a realidade do sector da Saúde, na Região, de uma forma alargada, indo além das questões da própria pandemia, pelo que, dará entrada do requerimento para um debate potestativo, obrigando, desta forma, a realização do debate, mesmo sem a aprovação do PSD/CDS.