Governo Regional oferece-se para receber três doentes do continente

Uma nota do Governo Regional da Madeira refere que o mesmo,através da Secretaria Regional de Saúde e Protecção Civil disponibilizou ao Ministério da Saúde ajuda para receber doentes COVID-19 do Continente português com necessidades de internamento hospitalar.

O secretário regional de Saúde e Protecção Civil, Pedro Ramos, já estabeleceu o contacto com a ministra da Saúde, Marta Temido, e a operação da transferência dos doentes COVID-19 será operacionalizada, assim que obtiver resposta positiva por parte do Ministério da Saúde, afirma o GR.

Segundo diz o Governo Regional, a ministra da Saúde agradeceu o apoio e a solidariedade demonstrada pelos governantes na Madeira neste momento difícil em que a maioria dos hospitais já estão sem capacidade para internar mais doentes.

Pedro Ramos referiu que a Madeira dispõe de camas, de equipamentos e de recursos humanos diferenciados para tratar doentes COVID-19, para além de dispor de um Serviço de Medicina Intensiva de nível máximo de diferenciação para tratamento de doentes críticos.

Inicialmente o Hospital Dr. Nélio Mendonça poderá receber até três doentes mas, Pedro Ramos não exclui a possibilidade de aumentar essa disponibilidade, tudo irá depender da evolução da situação epidemiológica da COVID-19 na RAM.

Esta decisão foi concertada, com base na informação disponibilizada pelas direcções técnicas, em articulação com o conselho de administração do Serviço de Saúde da RAM.

Esta operação de transferência de doentes COVID-19 dos hospitais do Continente português a efetivar para o Hospital Dr. Nélio Mendonça conta com a colaboração da Força Aérea, através do Comando Operacional da Madeira, refere-se.

Importa reforçar que de acordo com os dados facultados, no boletim informativo no dia de ontem, estavam internados 64 pessoas no Hospital Dr. Nélio Mendonça (56 pessoas em unidade polivalente e 8 na unidade de Cuidados Intensivos).