SESARAM responde à “Comissão de Utentes”

O Serviço de Saúde da RAM informou hoje que todas as alterações às consultas, tratamentos, cirurgias, entre outros “são comunicados aos  próprios utentes e decorrem das exigências do contexto em que vivemos”.

Respondendo a críticas da “autodenominada “Comissão de Utentes” do SESARAM”, refere que a mesma “nunca reuniu com a Administração ou órgão técnico do SESARAM, nem tem acesso a qualquer base de dados dos utentes do Serviço Regional de Saúde e como tal, não tem qualquer legitimidade para fazer afirmações como “cancelamento em catadupa de consultas”, e ao fazê-lo indicia interesses partidários obscuros,  alheios  à defesa dos utentes”, refere uma nota de imprensa.

“Estamos em tempo de pandemia COVID-19, tempos difíceis, onde deve imperar o respeito e consideração pelo trabalho desenvolvido pelos profissionais do Serviço de Saúde, Homens e Mulheres que todos os dias desde março de 2020 estão a trabalhar na defesa e proteção da Saúde Pública na Região Autónoma da Madeira”, reage o Serviço de Saúde da RAM.