Protecção Civil alerta para cuidados com a depressão “Filomena”

O Serviço Regional de Protecção Civil emitiu uma nota na qual refere que, de acordo com os contactos entre o Comando Regional de Operações de Socorro e o Observatório Meteorológico do Funchal (IPMA ) e associado à depressão “Filomena”, prevê-se um agravamento geral do estado do tempo em todo o arquipélago da Madeira, em particular desde o início da próxima madrugada, até ao fim da tarde de sexta-feira. Assim, prevê-se: Períodos de chuva ou aguaceiros que poderão ser temporariamente fortes, acompanhados de trovoada e queda de neve nos pontos mais altos da ilha da Madeira. O vento será em geral forte com rajadas da ordem dos 75 km/h nas regiões costeiras e em Porto Santo e 110 km/h nas regiões montanhosas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira. O período mais crítico será entre o fim da tarde do dia 7 (quinta-feira) e o meio dia do dia 8 (sexta-feira). Entre o fim da manhã do dia 7 (quinta-feira) e o dia 8 (sexta-feira) ao fim da tarde, na costa norte e em Porto Santo, deverão verificar-se ondas de 4 a 5 m, sendo que entre o início da noite do dia 7 (quinta-feira) e o início da manhã do dia 8 (sexta-feira), as ondas poderão chegar aos 5 a 6 m, com picos de 10 a 12 m.

Os avisos para o arquipélago situam-se entre o laranja e o amarelo.