Bruno Melim apresenta recandidatura a liderança da JSD-Madeira propondo-se “liderar a esperança”

Decorreu hoje no Centro Cultural John Dos Passos, na Ponta do Sol, o VI Conselho Regional da JSD/Madeira, na qual Bruno Melim, o actual presidente, apresentou a sua recandidatura a mais um mandato, “propondo-se liderar a esperança desta geração, com uma equipa forte e coesa”.
Efectuando um balanço aos últimos dois anos, salientou as mais de 250 iniciativas realizadas durante o mandato actual, aludiu ao contributo prestado às três vitórias eleitorais alcançadas pelo PSD/M em 2019 e garantiu que a JSD/M reúne todas as condições para continuar na linha da frente da discussão política.
“A JSD/M está bem quanto mais alicerçadas estiverem as suas bases e quanto mais dinâmica estiver a sua estrutura e é na base dessa dinâmica e tirando partido da proximidade às populações hoje conquistada que temos de continuar a trabalhar para liderarmos a esperança, para fazermos com que as pessoas acreditem na juventude e no futuro”, declarou Bruno Melim, afirmando que “ninguém é maior que a JSD/M” e que a estrutura que lidera tem um importante papel e uma responsabilidade acrescida para ajudar o Partido a vencer os desafios que se avizinham, particularmente recuperando mais Câmaras e Juntas de Freguesia, já no próximo ano.
O debate ficou marcado pelas diferentes alusões e testemunhos, na primeira pessoa, relativamente à forma como a pandemia COVID-19 alterou a vida em sociedade, o Emprego, a Habitação, o Ambiente e a Igualdade de
Bruno Melim considerou necessária a aposta numa estratégia política que, ao mesmo tempo, reforce as oportunidades de realização pessoal e profissional dos mais jovens, potencie a maior competitividade económica da Região, envolvendo-os e garanta que, do ponto de vista das condições e apoios sociais, nomeadamente ao nível da habitação, existam novos incentivos aos jovens que dão os primeiros passos no mundo do trabalho.
Das conclusões deste Conselho Regional, aprovadas por unanimidade, constaram, ainda e entre outros assuntos, a apresentação do Relatório de Contas da JSD/M relativo ao exercício de 2019, do Orçamento para o ano de 2020 e a aprovação do Regulamento para a realização do XXIII Congresso Regional, que terá lugar a 7 e 8 de Novembro.

Nota especial para a abordagem à situação política actual, onde as intervenções estiveram centradas na desordem e no desequilíbrio que caracterizam o PS na sua governação autárquica, com o exemplo da Ponta do Sol a vir ao de cima, sendo fortemente criticado, declara uma nota de imprensa.