Reitor da UMa não comenta queixa em tribunal contra Liliana Rodrigues

O reitor da Universidade da Madeira, José Carmo, não quis comentar a mais recente polémica que envolve a instituição, com a apresentação de uma queixa no Ministério Público pelos docentes Nelson Veríssimo e Alice Mendonça, visando outra docente, Liliana Rodrigues. Esta professora da UMa e ex-eurodeputada socialista foi, conforme a notícia do FN avançada ontem, acusada por estes colegas de ter introduzido dados alegadamente falsos num currículo apresentado a um concurso interno para passagem a professor associado. Instado a comentar, José Carmo preferiu responder-nos hoje por email, o qual reza o seguinte: “Em relação à sua solicitação, informo que a Universidade da Madeira não se pronuncia sobre assuntos relativos a matérias em apreciação em concursos a decorrer. Com os melhores cumprimentos, José Carmo”.