CMF afectada por infecção causada pelo novo coronavírus

A Câmara Municipal do Funchal desmarcou hoje eventos que tinha agendados com instituições, na sequência da detecção de um trabalhador da autarquia que testou positivo para a Covid-19.  A informação foi divulgada pela CMF, que referi que o IASaúde a informou de que um trabalhador da Fiscalização Municipal teve teste positivo para doença causada pelo novo coronavírus, na sequência de um contacto estabelecido durante o seu período de férias.

“O trabalhador não apresentava sintomas e tinha regressado de férias no passado sábado, dia 29 de Agosto, tendo estado ao serviço até segunda-feira. O trabalhador autoisolou-se na sua residência desde a passada terça-feira, dia 1 de Setembro, após saber que uma pessoa com quem tinha privado nas férias havia testado positivo. O trabalhador contactou então o IASaúde e ficou a aguardar a realização do teste, o que aconteceu ontem, encontrando-se ainda assintomático”, refere uma nota divulgada à comunicação social.

Assim que a Câmara Municipal do Funchal teve conhecimento do caso positivo, activou o plano de contingência interno e realizou, conforme afirma, todas as diligências necessárias para ajudar a identificar eventuais contactos ocorridos, em estreita colaboração com o Delegado de Saúde do Funchal.

O serviço de Fiscalização Municipal foi encerrado esta manhã, procedendo-se à sua higienização integral.