Câmara porto-santense atribui manuais escolares aos alunos do 1º Ciclo

A Câmara Municipal do Porto Santo anuncia que, no âmbito da sua política de educação, atribuirá manuais escolares  a todos os alunos do 1.º Ciclo de Ensino Básico, no próximo ano lectivo 2020/21. Esta é uma medida que conta com o apoio de todos os vereadores da autarquia do PSD, (Idalino Vasconcelos, Pedro Freitas), vereadora independente, Sofia Santos, MAIS Porto Santo, (José António Castro) e PS (Sofia Dias), refere uma nota da CMPS.

 À semelhança do ano passado, a Câmara Municipal volta a apoiar, de forma consensual, todos os alunos do 1.º Ciclo na atribuição de todos os manuais escolares (Português, Matemática e Estudo do Maio e no caso dos 3.º e 4.º anos de escolaridade, os manuais de inglês), aliviando assim todas as famílias com crianças em idade escolar, que frequentam o 1.º Ciclo, no concelho do Porto Santo.  

Esta iniciativa municipal, para o ano lectivo 2020/2021, abrange todos os 152 alunos da EB1/PE e Creche do Porto Santo e do Externato N.ª Sr.ª da Conceição e é um investimento de 7704,42€ que serve também para complementar o apoio que já é dado, pelo Governo Regional, no âmbito da Acção Social Educativa (ASE), refere-se.

A medida, refere comunicado da Câmara, vai ao encontro das necessidades sentidas pelas famílias e pelos vereadores da Câmara Municipal, dos vários partidos políticos representados, nomeadamente, PSD, PS e Mais Porto Santo, no âmbito da auscultação diária à população. No ano lectivo 2019/2020, a Câmara apoiou a mesma medida no valor de 6.679,11€, para 179 alunos. 

A Câmara Municipal salienta que tem apoiado as escolas do concelho, a nível de manutenções, reparações, transportes e outros apoios pontuais, tais como viagens e outras situações. “Temos consciência que nos últimos anos, tem havido apoio da Acção Social Escolar (ASE), do Governo Regional da Madeira (GRM), razão pela qual o Município não tenderá a duplicar esses apoios”, justifica.