Albuquerque quer novo campo de futebol municipal em Câmara de Lobos

O presidente do Governo Regional realizou hoje uma visita às obras concluídas da cobertura do Estádio Municipal de Câmara de Lobos. Na oportunidade, o governante referiu que a ideia é complementar esta obra com outros trabalhos de arranjo das bancadas. “Este estádio é utilizado de forma exaustiva pela juventude de Câmara de Lobos e por cerca de cinco clubes”. Albuquerque manifestou a intenção de aumentar e melhorar as infraestruturas desportivas no concelho. “Logo após as vindimas vamos iniciar o Pavilhão do Estreito, já está adjudicada a obra. Fizemos também a reconversão da antiga piscina da Escola do Estreito, até ser totalmente requalificada, e aproveitamos essa área para mais uma infraestrutura desportiva, no caso, um pavilhão”, explicou.

Miguel Albuquerque diz não ter nenhuma dúvida de que “temos de encontrar um espaço para a prática do futebol, porque neste momento as infraestruturas desportivas em Câmara de Lobos, e dado o número elevadíssimo de jovens a praticar desporto, revelam-se insuficientes”.

O presidente do GR diz que não será um estádio, mas uma infraestrutura mais barata, vocacionada para a prática do futebol. Manifestou-se crente de que será possível encontrar um local para construir tal estrutura “sem custos assoberbantes”. Já há, garantiu, um ou dois terrenos em estudo. Tratar-se-ia de um campo desportivo municipal, para a prática desportiva federada e não só. O mais provável, segundo as palavras do governante, é que se situe em zonas mais baixas do concelho, porque se for numa zona muito elevada e inclinada, “as estruturas de contenção são caríssimas”. Por outro lado, nas zonas mais altas a utilização diária pode ficar comprometida pelas condições climatéricas.