Papa Francisco volta a alertar: estender a mão aos pobres exige treino diário

Foto Vatican News.

“Não podemos sentir-nos tranquilos, quando  um membro da família humana é relegado para a retaguarda, reduzindo-se a uma sombra. O clamor silencioso de tantos pobres deve encontrar o povo de Deus na vanguarda.” As palavras são do Papa Francisco para o IV Dia Mundial dos Pobres, que será celebrado a 15 de novembro.

Ninguém se improvisa como um instrumento de misericórdia, afirma o Papa na Mensagem para o Dia Mundial dos Pobres. Exige um treino diário e o povo de Deus deve estar na vanguarda para ouvir e atender este clamor.
“Estende a tua mão ao pobre»: a sabedoria de Ben-Sirá (Ec 7, 32) inspirou a mensagem do Papa Francisco para o IV Dia Mundial dos Pobres, que será celebrado em 15 de novembro.

O texto foi apresentado este sábado numa conferência de imprensa, organizada pela Sala de Imprensa da Santa Sé.