Marítimo impugna encerramento da II Liga e pode comprometer subida do Nacional

Segundo o Record Carlos Pereira terá quebrado um acordo que havia entre os clubes para o regresso da I Liga.

O Marítimo impugnou o encerramento da II Liga e pode colocar em causa a subida do Nacional à I Liga. A notícia é hoje avançada pelo jornal desportivo Record, que apontam o facto do presidente Carlos Pereira ter quebrado um eventual entendimento alcançado pelos clubes de futebol profissional no sentido de satisfazer as exigências das entidades oficiais para o regresso do futebol.

O jornal anuncia que o Marítimo recorreu ao Tribunal Arbitral do Desporto visando suspender a decisão de cancelar a II Liga e fazer subir o Nacional e o Farense, que eram respetivamente primeiro e segundo classificados da II Liga, a Liga Pro, no momento da interrupção.

A entrada da contestação é de 15 de maio e o clube madeirense denuncia ainda o “Fundo de Apoio à Tesouraria em resposta à Covid-19”.