PJ deteve em Lisboa inspetores do SEF suspeitos da morte de ucraniano e já há demissões

A Polícia Judiciária identificou e deteve, no aeroporto de Lisboa, três homens, de 42, 43 e 47 anos, por fortes indícios da prática de um crime de homicídio. Os detidos integram os quadros daquele Serviço e a investigação apurou que serão os presumíveis responsáveis pela morte de um homem de nacionalidade ucraniana, de 40 anos, que tentara entrar, ilegalmente, por via aérea, em território nacional, no pretérito dia 10 de março.

Segundo uma comunicação da PJ, os factos foram cometidos nas instalações do Centro de Instalação Temporária, no aeroporto de Lisboa, no passado dia 12, após a vítima ter supostamente provocado alguns distúrbios no local.

Esta ocorrência já motivou a demissão do diretor e subdiretor do SEF e o Governo já abriu um inquérito.