Vandalismo à “porta” do gabinete de Alberto João Jardim

Parte da fachada do edifício da Fundação Social Democrata, na Rua do Quebra Costas, onde o antigo presidente do PSD e do Governo Regional, Alberto João Jardim, tem escritório e ali vai praticamente todos os dias, foi vandalizada na madrugada de sábado, segundo conseguimos apurar, sendo que a PSP já tem a participação registada e já esteve no local a recolher dados para investigação.

A porta da casa que em tempos pertenceu à família de Jardim, moradia que entretanto foi vendida à Fundação, amanheceu no estado em que documentam as imagens do repórter fotográfico Rui Marote, com tinta branca espalhada pela fachada, num ato de vandalismo, mais um verificado na noite madeirense, cujos contornos são desconhecidos até que a investigação policial possa, de algum modo, averiguar o que se passou, os responsáveis e respetivas motivações.