PSD exige tratamento igualitário para as universidades da Madeira e dos Açores

Os deputados do PSD querem que a Universidade da Madeira tenha as mesmas condições de financiamento que a Universidade dos Açores. Segundo dá conta um comunicado, foi este o principal motivo da reunião ontem realizada com a Associação de Estudantes da UMa. No encontro, o deputado Bruno Melim apresentou o projecto de resolução que o PSD já deu entrada na Assembleia Legislativa da Madeira com esse mesmo objectivo.

“É importante que não esqueçamos que, no Orçamento do Estado, aprovado na semana passada, o Governo da República tinha recusado o aumento das verbas para as universidades das regiões autónomas, em 1,2 milhões de euros anuais, o que equivaleria, num prazo de cinco anos, a 4,8 milhões”, declarou este parlamentar.

Contudo, esse valor foi assegurado poucos dias depois pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para a Universidade dos Açores, deixando de lado a Universidade da Madeira.

“Não podemos compreender nem aceitar que a Universidade dos Açores receba 1,2 milhões de euros a mais por ano e a Universidade da Madeira, com as mesmas condições, com o mesmo estudo e com o mesmo impacto tenha ficado preterida”, considerou Bruno Melim, salientando que não se trata de questões partidárias, mas de pessoas e jovens. “Nós não queremos desinvestir neles e isso passa, exactamente, por assegurar as suas capacidades, as suas condições de formação e, acima de tudo, garantir que para a mesma situação não há dois pesos e duas medidas.”