Congresso nacional aplaude “ciclo de governação do CDS na Madeira”

Assunção Cristas fez hoje o seu discurso de saída da liderança nacional do CDS durante o primeiro dia do 28º Congresso do partido. Abandonou a sala, em Aveiro, não ficando para acompanhar os trabalhos. Os congressistas, entre eles uma representação do CDS Madeira, escolhem este fim de semana um novo líder. Barreto, o líder regional, já disse que apoia João Almeida, mas os militantes têm liberdade de voto.

Cristas disse estar triste com os resultados eleitorais, mas de consciência tranquila, fez vários agradecimentos, aos deputados, aos dirigentes, aos militantes, aos simpatizantes independentes, a todos os que com ela conviveram em 12 anos no CDS. “Obrigada”, foi esta a palavra que resumiu para dizer à plateia.

E houve tempo para uma palavra ao CDS Madeira, hoje na governação regional com o PSD. “Permitam-se uma saudação particular ao CDS Madeira, que historicamente iniciou um ciclo de governação”.