Luanda Leaks: Isabel dos Santos ligada a empresas na Zona Franca da Madeira

“Luanda Leaks”. Um consórcio internacional de jornalistas de investigação revelou hoje mais de 715 mil ficheiros,  que detalham esquemas financeiros de Isabel dos Santos e do marido, Sindika Dokolo.

O Funchal Notícias foi pesquisar e, sem grande dificuldade, descobriu algumas ligações de Isabel dos Santos a empresas criadas no Centro Internacional de Negócios da Madeira.

Aliás, em janeiro de 2017, a rádio televisão pública do Estado federado alemão da Baviera, Bayerischer Rundfunk (BR), publicou na sua página online uma série de investigações (consulte aqui) sobre as consequências do sistema fiscal da Madeira para a economia da ilha.

Segundo tal artigo do BR, o nome de Isabel dos Santos aparecia “direta e indiretamente” ligado a várias empresas na zona franca da Madeira.

Por outro lado, a estatal Sonangol esteve ligada a numerosas empresas registadas na Zona Franca da Madeira.

O BR descobriu ainda o registo de uma empresa que pertencia diretamente à filha do ex-presidente angolano: a NIARA Holding, com sede na Rua do Esmeraldo, no Funchal.

Trata-se de uma sociedade gestora de participações sociais não financeiras constituída a 19/05/2009 e que mudou a sede em 2011.

A Niara esteve envolvida na compra, por Isabel dos Santos, da Efacec, em 2015.

Também o marido de Isabel dos Santos, Sindika Dokolo, teve várias firmas com sede na Madeira.