Estudantes da UMa partem para universidades europeias

No segundo semestre de 2019/2020, 63 estudantes da Universidade da Madeira (UMa) partirão em mobilidade para outras universidades europeias. Oito alunos vão realizar estágios, ao abrigo do programa Erasmus +.

Como principais destinos de eleição dos estudantes destacam-se as Universidades de Maribor e de Primorska (Eslovénia); a Universidade de Pardubice (República Checa); as Universidades de Murcia, Coruña e de Málaga (Espanha); as Universidades de Warsaw, Bielsko Biala e de Gdansk (Polónia); as Universidades de Bochum e de Bona (Alemanha); a Universidade de Klagenfurt (Áustria); e a Universidade de Perugia (Itália).

Para assinar o contrato financeiro e esclarecer os procedimentos a adoptar durante e após a mobilidade, a Universidade da Madeira vai realizar amanhã, dia 14 de Janeiro, pelas 15 horas, no Edifício da Reitoria, ao Colégio dos Jesuítas, um convívio de despedida para os estudantes e respectivos familiares, refere uma nota de imprensa.

Estas experiências de mobilidade internacional decorrem dos sete projectos de mobilidade em curso na UMa, designadamente, UMa 2018-2020 e UMa 2019-2021; Consórcio Ocean II 2018-2020 e Ocean III 2019-2021 (parceiros: Universidade do Porto e Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro); Consórcio Atlantic I 2018-2020 e Atlantic II 2019-2021 (parceiro: Universidade dos Açores e StartUP Madeira) e Consórcio MAR+E 2019-2021 (parceiros: Universidade do Algarve e Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril).