Emanuel Câmara viaja para Fátima com de grupo de cem idosos da localidade

De acordo com uma informação da edilidade do Porto Moniz, no âmbito das comemorações do Dia Internacional do Idoso, partiu hoje, rumo a Fátima, uma comitiva de idosos daquela localidade, acompanhada pelo presidente da Câmara.

A iniciativa foi organizada em parceria com o Gabinete de Apoio ao Idoso e contou com forte adesão dos munícipes, que não quiseram perder a oportunidade de conhecer o Santuário mais famoso do país, refere uma nota de imprensa.

Num programa de quatro dias são várias as actividades previstas num programa que, além da estadia em Fátima, contempla passagens por vários pontos emblemáticos de Lisboa, como a Torre de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Igreja do Mosteiro dos Jerónimos e ainda uma paragem nos famosos Pastéis de Belém.

Estão previstas ainda, antes da partida para Fátima, passagens pelo mosteiro de Santa Maria de Alcobaça e pelo Santuário de Nossa Senhora da Nazaré.

Já em Fátima, a comitiva portomonizense terá a oportunidade de visitar as Grutas de Moeda e de Valinhos, na parte da manhã, enquanto a parte da tarde será marcada por visitas aos lugares circundantes das aparições da Cova da Iria e ainda à pequena aldeia de Aljustrel, com o intuito de visitar as casas de família dos três videntes da Virgem Maria, refere informação do gabinete da presidência.

Para o último dia, antes da hora de regresso, está previsto um passeio pela Serra de Sintra, Património da Humanidade na categoria de “paisagem cultural”, onde será proporcionada uma visita ao Palácio Nacional de Sintra.

Para o presidente Emanuel Câmara, “os idosos são aqueles que merecem a melhor atenção do meu executivo. Hoje são idosos, mas ontem, enquanto jovens, foram aqueles que fizeram do Porto Moniz o que é agora”.

O autarca prosseguiu lembrando que “esta é mais uma das iniciativas, incluída no plano de actividades do Gabinete de Apoio ao Idoso do Município de Porto Moniz, que visa o combate ao sedentarismo, a promoção do envelhecimento activo e que oferece aos idosos a possibilidade de visitarem locais que até hoje, muitos deles, nas suas avançadas faixas etárias, conheciam apenas da televisão”.

Através do programa “Vida +”, existe uma aposta clara no combate ao sedentarismo, quer com a oferta de aulas de actividade física e hidroginástica, quer com a organização de caminhadas intergeracionais, diz a Câmara. Foi também criado o cheque farmácia, no valor de €120 anuais para o apoio à compra de medicamentos, e está disponível, todos os dias, uma equipa composta por uma Socióloga, uma Psicóloga, uma Enfermeira, uma Assistente Social e um Professor de Desporto e Actividade Física. Esta equipa multidisciplinar é responsável pelo acompanhamento diário dos idosos nas mais diversas actividades e contextos, realizando ainda um diagnóstico constante e pormenorizado das necessidades dos mesmos.

O presidente do Município acredita que “o Gabinete de Apoio ao Idoso trouxe a qualidade de vida que os nossos idosos há muito mereciam, e a prova disso é o número de inscritos que temos nas várias actividades promovidas pelo Gabinete”.

Emanuel Câmara ressalvou que o trabalho de um autarca deve ser sempre realizado em prol do bem-estar da população e lembrou que “enquanto autarcas com responsabilidades, devemos sempre servir as pessoas, procurando corresponder às suas necessidades, anseios e expectativas”. Terminou lembrando a importância de aquela viagem ter sido realizada apenas depois do período de eleições: “Na política e na vida nós temos que ser pessoas sérias e íntegras, e a prova da integridade do executivo socialista a que presido é que esta viagem não foi usada como forma de campanha eleitoral, como tantas outras que estiveram aos olhos de todos nos meses de verão. Nós trabalhamos pela população do Porto Moniz todos os dias, e não apenas quando há eleições”, terminou.

Devido à significativa afluência, a Câmara Municipal do Porto Moniz, distribuiu os idosos inscritos por dois grupos, repetindo o mesmo programa entre os dias 4 e 7 de Novembro.