Albuquerque “abriu” Festa do Vinho com garantia de escoamento da produção e com exportações positivas

Albuquerque Vinho FestaJá abriu esta tarde a Festa do Vinho 2019, um evento que constitui cartaz por excelência do turismo madeirense e que se prolonga não só pelo Funchal mas por muitos outros pontos da ilha. Miguel Albuquerque, o presidente do Governo Regional, marcou o simbolismo desse início de festa considerando que se trata de “um cartaz que tem vindo a consolidar-se e este ano prolonga-se por onze dias”.

Albuquerque salientou ainda o alargamento da festa à Quinta Magnólia, aberta recentemente, ao Estreito de Câmara de Lobos, ao Porto Santo, São Vicente, Porto da Cruz e Ribeira Brava”.

Relativamente à produção, o presidente do Governo revelou que há 4 mil toneladas de uva e o escoamento está praticamente assegurado, admitindo que em circunstâncias em que esse escoamento não seja porventira possível, o Instituto do Vinho “chega-se sempre à frente”, embora anuncie que “as casas de vinho vão comprar toda a produção”. Quanto à exportação, bons resultados nos Estados Unidos, Japão em crescimento, França e Inglaterra mantêm-se com bons níveis.