Albuquerque anuncia proposta para o Estado pagar o transporte aéreo e marítimo de produtos regionais

PSD M listas ARepuvblica AO presidente do PSD/Madeira e cabeça de lista às Eleições Legislativas Nacionais avançou hoje, na cerimónia formal da entrega de listas, que “será apresentada uma proposta para que o Estado assuma os princípios da coesão e continuidade territorial, pelas vias aérea e marítima, do transporte dos produtos regionais”.

“O objetivo é a Região e os produtos regionais ganharem competitividade no mercado europeu e mundial, porque os custos que o Estado teria de suportar seriam apenas entre as ilhas e o território continental” tal como acontece com as Canárias, explicou Miguel Albuquerque esta quinta-feira, momentos após entregar a lista de candidatos à Assembleia da República, no Tribunal Judicial do Funchal.

Numa nota enviada pelo gabinete social democrata de comunicação, é referido que Albuquerque considerou a lista do PSD-M “de alta qualidade”, com “provas dadas” e “com elementos que nunca traíram os madeirenses nem os porto-santenses”, Albuquerque garantiu que irá ganhar as eleições e que serão eleitos três deputados, como aconteceu na anterior legislatura.

A ideia é “manter a tradição do PSD”, defendendo “intransigentemente os interesses da Região Autónoma acima dos interesses partidários”, referiu, sublinhando que há um conjunto de dossiers pendentes com o Governo Central que irão obrigar a um empenhamento ainda maior por parte dos deputados do PSD/M em São Bento.

“Lembro a questão da redução da taxa de juros, onde a Região está a ser explorada pelo Estado Português, e está a ganhar 12 milhões de euros por ano com a Madeira”, “a questão do cofinanciamento em 50% do novo Hospital da Madeira, um compromisso que nós nunca sabemos se vai ser ou não cumprido pelo Governo da República” e “a necessidade de continuar a batalhar na defesa intransigente do Centro Internacional de Negócios da Madeira, que é um alicerce para as nossas receitas fiscais”, exemplificou.

Convicto na vitória das duas eleições que se avizinham, Miguel Albuquerque, afirmou que irá ganhar as regionais e assumir a presidência do Governo Regional. “Admito ganhar as eleições, e ser Presidente do Governo. Sou o primeiro responsável do Partido e dou a cara, sem qualquer problema, pela concretização deste grande objetivo. Não vou assumir o mandato, mas acho que é importante a minha posição na lista para sublinhar e acentuar a importância destas eleições para a Região Autónoma da Madeira.”