CDS questiona “200 mil euros gastos num só espectáculo”

Foto Rui Marote

O deputado municipal pelo CDS, Gonçalo Pimenta criticou hoje os “200 mil euros gastos num só espectáculo” (James Arthur] que podiam ter sido aplicados em vários projectos.

No discurso alusivo ao Dia da Cidade, criticou Paulo Cafôfo por ter abandonado o mandato como presidente da CMF e o abandono do projecto do antigo matadouro.

Fez referência às cerca de 3500 casas por legalizar, sobretudo nas zonas altas, e desmistificou a ideia de que a reabilitação da malha urbana da baixa da cidade é um sucesso.