Milhares regressam aos protestos em Moscovo [vídeo]

¡AF!