Pontes no lugar de trincheiras foi “preocupação” do Parlamento Regional que hoje “fechou” a Legislatura, diz Tranquada Gomes

ALM último Plenário 2019 B ALRAM3Tranquada Gomes último Plenário 2019 ALRAM10ALM ultimo plenário 2019 D Isabel Torres1Bancada PSD1 (1)Em final de Legislatura, a Assembleia Regional cumpriu hoje a sua última sessão plenária. Um momento para o presidente do Paralmento reconhecer que “houve bom senso, colaboração, e, sobretudo, a preocupação de construir pontes e não cavar trincheiras”.

Tranquada Gomes considerou, perante os deputados, que “hoje, a Assembleia é mais conhecida pelos cidadãos, esteve mais próxima e isso deve-se, sobretudo, ao empenho das senhoras e dos senhores Deputados. Julgo que ficou demonstrada a vitalidade do nosso Parlamento e que os senhores Deputados, apesar das naturais e saudáveis divergências entre todos, estiveram empenhados em dar o melhor de si, porque dando o melhor de si estavam a defender os interesses das populações que neles depositaram a sua confiança e o seu voto.

Para o presidente do Parlamento Regional “valeu a pena esta legislatura. Valeu a pena por todos nós que aqui estamos e valeu a pena por toda a população da Madeira e do Porto Santo. É aqui nesta Sala, neste Plenário que reside o coração da democracia e da autonomia e para termos uma longa vida e saudável, temos que tratar do nosso coração, e acho que os senhores Deputados estiveram à altura, nesta legislatura, dos desafios e da missão que a população vos confiou”.

Aos funcionários da Assembleia expressou o seu reconhecimento. À Comunicação Social, endereçou uma palavra de apreço pelo trabalho desempenhado.

A reunião plenária de hoje destinou-se à votação das iniciativas pendentes após apreciação na especialidade pelas respetivas Comissões Especializadas. Oito propostas de decreto legislativo regional foram aprovadas em votação final global, sendo que duas delas reuniram a unanimidade do Plenário.