Agricultura é um dos alicerces fundamentais para o desenvolvimento da Madeira, garantiu Albuquerque

Albuquerque enfermeiros AcordoENF2O presidente do Governo Regional entregou hoje apoios no âmbito do PRODERAM, um programa que permite investimentos na área da agricultura, sendo que Miguel Albuquerque reforçou a ideia que a Madeira não encara “este setor como subsidiário da economia mas como um dos alicerces fundamentais para o desenvolvimento da Madeira”.

Albuquerque lembra dados de 2017, em matéria de frutícolas e hortícolas, que apontam para os “112 milhões de euros, apontando que estes projetos alvo de apoios, hoje, são projetos tecnicamente avançados. “A Escola Agrícola de São Vicente tem correspondido às expetativas”.

Sobre o novo ciclo, saído das eleições de 2019, o presidente do Governo diz que “o objetivo é manter o ciclo de crescimento, a Madeira cresce há 70 meses, reduzir impostos, reduzir a taxa de desemprego”, esperando que, relativamente ao novo quadro comunitário de apoio, espera que a Madeira continue a receber uma parte substancial.

Entre os projetos agora aprovados, avultam 28 candidaturas a ajudas para investimentos em explorações agrícolas, a investimentos de grande dimensão, que totalizam um investimento total de 4.242.345,78 euros, com um valor total de apoio de 2.213.218,71 euros (1.881.235,90 euros de comparticipação FEADER).

E ainda sete candidaturas ao apoio ao investimento na transformação/comercialização de produtos agrícolas, num investimento total de 10.541.982,66 euros, com um valor total de apoio de 6.705.614,42 euros (5.699.772,26 euros de comparticipação FEADER).

Destacam-se também sete candidaturas a ajudas para o arranque da atividade para os jovens agricultores (215.000 euros, 182.750 do FEADER e três candidaturas para apoio à prevenção da floresta contra incêndios florestais, catástrofes naturais e acontecimentos catastróficos, com investimento total de 1.036.945,48 euros e valor total de apoio de 981.242,36 euros (834.056,01€ de comparticipação FEADER).

Há ainda a considerar um apoio à conservação e à utilização e desenvolvimento sustentáveis de recursos genéticos na agricultura, num investimento de 393.241,57 euros, com um valor total de apoio de 389.186,76€ (330.808,75€ de comparticipação FEADER).

Foi igualmente aprovada uma candidatura a apoio à conservação de recursos genéticos florestais, num projeto orçado em 293.770,24 euros, que recebeu apoios de 293.770,24 euros (249.704,70€ de comparticipação do FEADER).

Finalmente, foram igualmente autorizadas duas candidaturas às ajudas para a nova participação em regimes de qualidade, que totalizam um investimento de 1.889,04 euros, com um valor total de apoio de 1.889,04 euros (1.605,68€ de comparticipação do FEADER).