Candidato do PDR foi à Ribeira Brava lembrar a importância da União Europeia

PDR campanha R. Brava 14de maioA candidatura do PDR às eleições europeisas de 26 de maio, desenvolveu hoje, na Ribeira Brava, uma ação de campanha, mantendo o contacto com a população, de modo a explicat “a importância da União Europeia para o desenvolvimento da nossa Região”.

Europeias 2019

Filipe Rebelo refere, ainda, que foi abordada “a canalização dos fundos comunitários para os projectos de agricultura e desenvolvimento rural, no âmbito do novo quadro comunitário. Também sensibilizamos as pessoas da importância do voto, nas eleições Europeias 2019, no dia 26 de Maio”.

Ainda relativamente à campanha, o PDR insurgiu-se contra “a falta de entendimento entre o Governo Regional e o Governo da República que resulta no corte da comparticipação de medicamentos aos agentes da PSP- Madeira, e no fim do acordo entre o Serviço de Assistência na Doença (SAD) e a Associação Nacional de Farmácias (ANF).

“A Polícia de Segurança Pública, na região, através deste acordo beneficiava, até então, de um apoio concedido aos agentes da PSP, para a compra de medicamentos, através do subsistema de saúde destes profissionais, Serviço de Assistência na Doença (SAD). O fim do acordo entre o este subsistema de Saúde, (SAD/PSP), e a Associação Nacional de Farmácias (ANF), prejudica os agentes da PSP- Madeira, que descontam tanto como os colegas do Continente, que têm uma grande e vasta assistência de Médicos e Hospitais e Clínicas, situação esta que na Região Autónoma da Madeira não existe pois há falta de médicos e protocolos com clínicas e hospital”.