Obras no Centro de Saúde do Arco da Calheta começam no último trimestre, intervenção na Calheta nas “mãos” da Misericórdia

 Obras no Centro de Saúde do Arco da Calheta terminam no último trimestre deste ano.

Amílcar Gonçalves e Pedro Ramos, secretários regionais dos Equipamentos e Infraestruturas e Saúde, respetivamente, foram hoje visitar o Centro de Saúde do Arco da Calheta, instalado num edifício classificado, que será submetido a uma requalificação, numa perspetiva de ir ao encontro das necessidades da população em termos de saúde, como referiu o governante que tutela o setor.

Pedro Ramos referiu a importância desta intervenção, requalificando o centro, tornando-o mais funcional, aumentando o número de gabinetes, uma sala de tratamentos, uma de colheitas, além de proporcionar uma outra entrada para o centro, envolvendo um investimento na ordem dos 500 mil euros.

O secretário da Saúde aponta que o início dos  trabalhos deverá ocorrer no último trimestre deste ano, sendo que o projeto está em fase final de preparação. O Centro serve cerca de 3200 pessoas.

Relativamente às obras no Centro de Saúde da Calheta, Pedro Ramos remeteu para a Santa Casa da Misericórdia a solução, uma vez que naquilo que se prende com o visto, o Tribunal de Contas já veio esclarecer que não é necessário visto prévio para que as obras avancem. Da nossa parte, estamos prontos para avançar.