Somos o Serviço Regional de Saúde, é aqui que estão os melhores, diz Tomásia Alves que espera “retomar a tranquilidade”

Tomásia Alves revela processo disciplinar a Rafael Macedo e respetiva suspensão do médico.

Tomásia Alves, a presidente do Conselho de Administração do SESARAM, convocou hoje os jornalistas para dizer que “é triste ver todos os dias os nossos nomes na comunicação social, ver denegrir o nosso trabalho” e para garantir que “não vamos permitir que um colaborador, a quem sempre garantimos confiança, venha denegrir a imagem dos profissionais e dos serviços”.

No segundo encontro com a comunicação social, em dois dias, agora com plateia cheia, aquela responsável pela administração do Serviço Regional de Saúde mostrou-se agastada com a situação e pediu respeito aos “profisssionais desta casa”, referindo que Rafael Macedo recorreu à comunicação social e redes sociais aquilo que não teve acolhimento nos tribunais, apontando que o médico provocou “alarmismo infundado” e “quebrou a lealdade e o sigilo profissional”, considerando que as acusações de negligência aos médicos, ofendem a honra dos colegas e da própria instituição”.

Neste sentido, o SESARAM decidiu instaurar um processo disciplinar e enquanto decorrem as diligências, Rafael Macedo será suspenso de toda a atividade hospitalar. Tomásia Alves espera, com isso, “recuperar a tranquilidade”, dizendo que “somos cinco mil profissionais e merecemos toda a confiança. Somos o Serviço Regional de Saúde e é aqui que estão os melhores profissionais”.