Protocolo entre Grupo Sousa e Conservatório leva ao Porto Santo cerca de 60 alunos

Orquestra de Sopros do Conservatório. Foto cedida pelo Teatro Municipal.

Nos dias 13 e 14 de março, o Conservatório, através de um protocolo com o Grupo Sousa, fará deslocar à Ilha do Porto Santo a sua Orquestra de Sopros (alunos e docentes), num total de cerca de 60 elementos, com o objetivo de realizar, uma vez mais, o Projeto “À descoberta da música”, com sessões para as crianças das escolas básicas do 1.º e 2.º ciclos, bem como pré-escolares, e ainda dois concertos com a Orquestra. Tudo isso realizado no Auditório do Centro Cultural e de Congressos do Porto Santo.

Segundo uma comunicado de imprensa do Conservatório, a Orquestra de Sopros do Conservatório, reconstituída no ano letivo 2015/16, nasceu da necessidade de proporcionar aos alunos mais avançados das classes de sopros e percussão a experiência no âmbito do trabalho em conjunto, nomeadamente, em contexto de orquestra. Atuará no dia 13 de março, pelas 19h00, para o público em geral, com um repertório diversificado que inclui a participação das solistas, Alice Fernandes, Isabel Gonçalves, Madalena Vieira, Sara Olim e Sofia Almeida, sob a direção artística e pedagógica do professor e maestro Jorge Garcia.

Já no dia 14, durante a manhã a atuação está direcionada, mais especificamente, para o público infantil em parceria com o projecto “À Descoberta da Música”, que visa a sensibilização do público mais jovem para a música e para uma compreensão mais interativa e dinâmica do funcionamento de uma orquestra.

O Conservatório realça que “esta iniciativa é possível, graças à parceria estabelecida entre o Conservatório e o Grupo Sousa, numa união de sinergias que procuram aproximar a cultura musical à população residente no Porto Santo, reforçando assim a visibilidade do ensino da música e a captação de novos talentos para a prossecução de estudos no âmbito musical2.