Diocese clarifica que D. Nuno Brás é mesmo o 33.º bispo do Funchal

A dúvida histórica levantada pela Estepilha foi clarificada pelo gabinete de informação da Diocese do Funchal.

Na lista constam 35 nomes mas dois deles assumiram outra designação.

“O Bispo Frei Joaquim Menezes de Ataíde era bispo de São Tomé de Meliapor e foi nomeado vigário apostólico e não bispo do Funchal. O Bispo D. Manuel de Jesus Pereira não foi bispo do Funchal, mas auxiliar do bispo do Funchal”, revela.