Herlanda Amado denuncia obras que tardam a ser concretizadas nas zonas altas do Funchal

A CDU realizou hoje na Vereda das Freirinhas, Caminho do Lombo dos Aguiares, freguesia de Santo António, uma acção política destinada a reclamar melhores acessibilidades para as zonas altas.

Herlanda Amado referiu que os moradores daquelas áreas têm reivindicado ao longo dos anos a construção de acessos, que muito iriam beneficiar quem reside nestas localidades. “Depois de muitas promessas que foram sendo prolongadas no tempo pelos vários executivos camarários, com os prejuízos que esses atrasos representam para quem necessita destas acessibilidades, as mesmas têm vindo a ser inscritas de orçamento em orçamento, mas tarda a sua concretização”.

O exemplo da Vereda das Freirinhas na freguesia de Santo António é, segundo os comunistas, mais um dos vários exemplos que tardam em ser concretizados.

“Depois de anos de reivindicação e pressão que os moradores fizeram junto deste executivo, a obra arrancou mas por disputas entre o Governo e Câmara do Funchal, a obra está neste momento parada com os prejuízos directos para a vida dos moradores desta localidade. É inaceitável que devido à falta de planeamento e articulação entre o Governo e a Câmara, sejam novamente as populações a ser prejudicadas. Esta obra tinha um prazo previsto de conclusão até final de 2017, mas já estamos em 2019 e esta, a par de outras, são obras que vão sendo inauguradas no cartaz mas não no terreno. A CDU continuará a exigir através dos seus eleitos, que os direitos das populações sejam salvaguardados”, assegurou Herlanda Amado.