Brício Araújo a pensar em “novos desafios” anuncia que não se recandidata a novo mandato na Ordem dos Advogados

As eleições ainda não estão marcadas. Decorrerão lá para finais de 2019 mas o presidente do Conselho Regional da Madeira da Ordem dos Advogados (OA), Brício Martins de Araújo anunciou hoje em comunicado que não será (re)candidato.

Eis o comunicado na íntegra que, no final, aponta para “novos desafios”:

“Tal como fiz em 2013, quando anunciei a minha primeira candidatura à Presidência do Conselho Regional da Madeira da Ordem dos Advogados, e depois de eleito para os triénios 2014-2016 e 2017-2019, apresento-me, agora, no momento em que inicio o último ano de mandato, a anunciar publicamente a minha decisão de, apesar da inexistência de qualquer impedimento legal, não me recandidatar a um terceiro mandato. Dou deste modo por terminado o percurso que iniciei formalmente no princípio de 2014, em funções que exerci com muita honra e com o mais elevado sentido de responsabilidade e respeito institucional, procurando cumprir a verdadeira história e natureza do Conselho Regional da Madeira, projetando-o para o futuro, servindo, sempre, a Advocacia e a Justiça.

Este é, também, o momento para agradecer a todos aqueles que confiaram em mim, a todos os que me acompanharam, que estiveram ao meu lado, que me ajudaram a enfrentar e a superar todas as dificuldades e, essencialmente, a concretizar o projeto que apresentei à Advocacia Madeirense, a honrar todos os compromissos que assumi com humildade, mas com toda a firmeza e determinação.

Entendo que o futuro deve ser preparado de forma serena. Os novos membros deste Conselho Regional da Madeira da Ordem dos Advogados serão eleitos este ano, num ato eleitoral relativamente ao qual me manterei equidistante, mas atento.

Pessoalmente entendo que é tempo de percorrer novos caminhos. Chegou o momento de ponderar novos desafios”.