MPT acusa Câmara de Machico de “atentado ambiental” no Porto da Cruz

 

O MPT Madeira denunciou hoje “mais um lamentável acontecimento, promovido pela autarquia de Machico, que está a deitar toneladas de detritos para o mar, através de uma escavadora, colocando em risco a fauna marinha, o que provoca também um enorme impacte visual sobre as pessoas que visitam o concelho, sendo este um atentado paisagístico, ambiental e humanista”.

O Partido da Terra diz que tem vindo recorrentemente a alertar para as diversas “atrocidades ambientais”que a autarquia liderada pelo PS em Machico tem levado a cabo.

“Por isso pedimos às entidades competentes que tomem as devidas diligências para pôr cobro a mais uma situação, que não respeita qualquer modelo de sustentabilidade ambiental. São jogados ao mar detritos ao desbarato, sem qualquer tipo de estudo, nem de orientação, e este executivo liderado pelo senhor presidente Ricardo Franco ,continua a poluir não só o oceano que é de todos nós, como também está a poluir a população de Machico com a sua má governação de maioria absoluta”, fulmina o partido.