Desmentido da secretária de Estado leva Sara Madruga a reafirmar que não há verbas no OE para esquadras da PSP na Madeira

Sara Madruga
“No Orçamento do Estado para 2019 não consta nenhum cêntimo para as esquadras da PSP da Madeira ou para qualquer outra infraestrutura de segurança, mas contém verba para três esquadras da PSP nos Açores”.

A deputada do PSD na Assembleia da República Sara Madruga denunciou o que disse ter sido uma não resposta da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna sobre a inexistência, em sede de Orçamento de Estado, de qualquer verba para as esquadras da PSP na Madeira. A secretária de Estado desmentiu em comunicado, apontando que o Governo tem um programa de intervenção nesse domínio. Agora, Sara Madruga reafirma tudo o que disse e transcreve mesmo as declarações de Isabel Oneto no Parlamento:

Comando Territorial da Madeira: “O Comando Territorial da Madeira tem para 2020, uma intervenção de manutenção.

– “Divisão Policial de Machico, nós tivemos a avaliar um terreno, ou um imóvel, que a autarquia identificou para a instalação policial, pedimos à PSP para fazer a validação operacional de qual é o melhor imóvel para ou proceder de raiz ou proceder à requalificação do imóvel”.

– “Esquadra da Ponta do Sol, como sabem houve aquela derrocada e portanto procuramos acelerar um processo que já vinha do ano anterior relativamente às casa dos magistrados, entretanto verificamos que o projeto de execução identificou vários problemas para a possibilidade de requalificação das duas casas para instalação da esquadra e portanto já temos uma solução alternativa para um terreno para construção de raiz da nova esquadra da PSP da Ponta do Sol”:

– “Ribeira Brava a PSP está a ultimar o programa funcional”;

– “Porto Moniz, temos uma estimativa também”;

– “Esquadra do Porto Santo, a esquadra como sabem foi necessário identificar a localização que é na zona mais central da Vila e portanto já transferimos o terreno para a posse do MAI para podemos também lançar o projeto de execução que já está o procedimento em curso”;

– “Esquadra da PSP de Santa Cruz, temos também o projeto de execução que está já a ser desenvolvido para assim que tiver concluído podermos lançar a empreitada” (fim de transcrição).