Navio-patrulha NRP Mondego chegou hoje à Região

Chegou hoje pela primeira vez à Madeira o navio-patrulha “NRP Mondego”, o terceiro da classe “Tejo”, que permanecerá na Região até ao final de Novembro. As suas missões, esclarece a Marinha, serão o de busca e salvamento no mar, fiscalização das pescas, controlo da navegação, prevenção e combate à poluição marítima e apoio ao Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza.

O navio é comandado pelo primeiro-tenente Pereira Robalo e a sua guarnição é constituída por 26 militares, nomeadamente 5 oficiais, 5 sargentos e 16 praças. Este é, pois, o terceiro de quatro navios que Portugal adquiriu à Dinamarca, tendo chegado a Portugal em 2015. Entretanto, já foi modernizado nos estaleiros do Alfeite.

Esta embarcação, modelo “Flyevefisken” ou “Stanflex 300” destina-se a operar junto de zonas costeiras em missões de vigilância, patrulha, defesa, controlo e fiscalização dos espaços marítimos. Vem guarnecer o dispositivo naval da Marinha na RAM, reforçando a capacidade de resposta e rendendo o navio “NRP Orion”, comandado pela primeiro-tenente Cátia Sofia Pacheco. Este último largou no dia 14 de Agosto para Portimão.