Políticos põem flores aos mortos no Monte e esperam “tranquilos” a decisão da justiça

 

FOTOS RUI MAROTE

*Com Rui Marote

Coroas de flores em homenagem aos 13 mortos no Monte, em 2017. Foi esta a homenagem de Miguel Albuquerque e Paulo Cafôfo às vítimas da tragédia que enlutou a Região no ano passado. Quanto ao resto, o inquérito judicial que corre trâmites, o tempo o dirá e a confiança é expressa por quem tem responsabilidades políticas.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque marcou hoje presença no Monte, como aliás é habitual, e não esqueceu o inquérito que está em curso para apurar responsabilidades da tragédia do passado. “Nestas situações, as responsabilidades devem ser assumidas e apuradas. Esse trabalho está a ser feito”, disse, sem mais delongas.

FOTOS RUI MAROTE.

Paulo Cafôfo, que surgiu já nas redes sociais no arraial de ontem à noite, representou também hoje a autarquia na celebração litúrgica. O autarca faz da “tranquilidade” a palavra de ordem. Aguarda o resultado do inquérito do Ministério Público de forma “tranquila”. Aos jornalistas assegura: “Sempre disse que respeitaria a justiça e os tempos da justiça numa perspetiva de colaboração que é aquela que tenho tido desde a primeira hora”.