Novo sistema eletrónico visa a melhoria da qualidade dos registos médicos e de enfermagem

Saúde estudos BO Serviço de Saúde da Região anuncia publicamente que passou a dispor de um novo sistema eletrónico para registo e análise de Indicadores de saúde para os Cuidados de Saúde Primários, sublinhando que “a nova plataforma, baseada em tecnologias de Business Intelligence, está disponível desde o dia 01 de agosto de 2018 e irá permitir avaliar o desempenho das Unidades de Cuidados de Saúde Primários/Centros de Saúde da RAM (UCSP) e da Unidade de Saúde Familiar (USF) da Ponta do Sol”.

Através desta ferramenta, diz a nota enviada à comunicação social, “será possível uniformizar o registo de dados de saúde,  melhorar a qualidade de registos médicos e de enfermagem, monitorizar o trabalho das UCSP/USF,  avaliar o desempenho das várias Unidades, fazer benchmarking,  redefinir estratégias e métodos de trabalho e definir de linhas de orientação para melhoria dos cuidados em saúde centrados no doente.

A mesma informação esclarece que para a criação desta ferramenta “o grupo definiu os BI’s (bilhetes de identidade) para cada indicador, tendo como referência o documento produzido pela ACSS a nível Nacional, ajustado à realidade da RAM e do respetivo Sistema de Informação, SEISRAM”.  Refira-se que o sistema da RAM já conta com 33 indicadores e respetivos BI’s e no futuro perspetiva-se que muitos outros sejam adicionados.

Segundo informa a secretaria da Saúde, “a criação desta plataforma constitui uma aposta na melhoria contínua da qualidade e da transparência, sendo que possibilita avaliar o desempenho de todos os intervenientes no processo de prestação de cuidados de saúde primários e apurar os benefícios do trabalho realizado com o utente, podendo equiparar os resultados com as restantes unidades do país”.

A apresentação dos indicadores de Saúde aos profissionais afetos aos cuidados de saúde primários decorreu no dia 7 de agosto de 2018, no auditório do Centro de Saúde de São Vicente.