Universidade da Madeira participou em reunião do projecto Eurovitisos, em Tenerife

A Universidade da Madeira (UMa) esteve no início de Maio  em Tenerife, no vizinho arquipélago das Canárias, para participar na 3.ª reunião do projecto vitivinícola Eurovitisos – Intercambio de Experiencias Europeas en Vitivinicultura Sostenible: Ensenãanza y Divulgación.

O projecto tem proporcionado a visita de alunos e profissionais do sector vitivinícola às três regiões envolvidas, de modo a melhorar o conhecimento geral, incluindo no que diz respeito ao impacto das mudanças climáticas. A reunião teve como principal objectivo fazer um balanço das actividades desenvolvidas até ao momento e das actividades ainda a realizar.

Para além da reunião, foram realizadas visitas a três importantes adegas do Norte de Tenerife (Tajinaste, Vinatico e Monje), bem como a algumas parcelas cultivadas em várias zonas e seguindo várias experiências em curso, nomeadamente no tipo de condução e na redução de tratamentos fitossanitários.  Foram ainda apresentados a elementos do painel de provas do Conselho Regulador de Icoden, os nove vinhos levados da Madeira e ainda vinhos da Borgonha.

O Eurovitisos é financiado pela União Europeia e insere-se no âmbito do programa Erasmus+. O principal objectivo é promover a troca de experiências e práticas vitivinícolas entre as regiões parceiras (Tenerife, Madeira e Borgonha), bem como dar a conhecer a evolução do sector vitivinícola e a investigação realizada no âmbito das variedades regionais e vinhos vulcânicos.