França proíbe telemóveis nas escolas

telemovel
Telemóveis fora das escolas francesas no próximo ano letivo.

A partir do próximo ano letivo, as escolas francesas vão proibir o uso de telemóveis. O Governo francês tomou a decisão por considerar que o uso do telemóvel fez aumentar o “bullying” e reduzir a socialização dos jovens.

A Asembleia Nacional aprovou a interdição, que abrange os ensinos básico e secundário, sendo que o Governo pretende, com isto, dar “um sinal à sociedade”. O ministro da Educação diz mesmo ser esta “uma medida de desintoxicação”, falando que o objetivo é combater a distração nas salas de aula e o bullying.

A nova lei deixa, no entanto, às escolas, a possibilidade de encontrarem medidas mais ou menos radicais, dentro do que está estipulado. Os telemóveis poderão ser colocados em bolsas para permitir utilização em casos de emergência ou uso pedagógico ou ir até à proibição “pura e dura” na escola.

Números revelados hoje, indicam que 90% de crianças com mais de 12 anos têm telemóvel.