Madeira com 1705 enfermeiros e o Governo indica que o rácio por 1000 habitantes “é o mais alto do País (8.4)”

enfermeiros
A Madeira tem 1185 enfermeiros nos cuidados hospitalares continuados e 520 nos cuidados primários.

O Dia Internacional do Enfermeiro comemora-se este sábado, 12 de maio, numa conjuntura em que se avalia a situação da classe, a falta de reforço dos quadros, com a sobrecarga daí resultante, além da emigração de profissionais, como tem sido apontado pelos responsáveis das estruturas representativas.

De acordo com dados fornecidos pela secretaria regional, o Serviço de Saúde da RAM tem neste momento ao serviço da população um total de 1705 enfermeiros, dos quais 520 nos cuidados primários ( Centros de Saúde incluindo os serviços de Urgência e de Internamento destas unidades) e 1185 nos cuidados hospitalares e continuados.

Na mesma informação, é possível saber que “nos últimos dois anos foram contratados 157 novos enfermeiros, estando neste momento a  decorrer o concurso para a contratação de mais 64. Em Abril, o Governo Regional da Madeira autorizou a contratação imediata de 17 novos enfermeiros para suprir as carências mais urgentes no Serviço de Saúde. Estes profissionais entraram para substituir os enfermeiros que se encontram ausentes dos serviços por motivo de baixas prolongadas”.

A nota governamental aponta dados do Instituto Nacional de Estatística, que expressam o rácio de enfermeiros por 1000 habitantes na Madeira, que é de 8.4, “o mais alto do país,  comparativamente ao Continente  e aos Açores , 6.7 e 8.3, respetivamente e mais próximo do rácio da OCDE de 9.4”.

Na Região, o Serviço de Saúde associa-se  às comemorações com uma exposição intitulada “ Sala de Operações” , cuja abertura oficial terá lugar, amanhã, pelas 12 horas, no centro comercial La Vie, com a presença do secretário regional da Saúde, Pedro Ramos. A iniciativa é promovida pela equipa de enfermagem do Bloco Operatório do Serviço de Saúde da Região e tem como objetivo desmistificar medos e receios associados às intervenções cirúrgicas, promovendo uma maior literacia em saúde.

O tema escolhido este ano para o Dia Internacional do Enfermeiro pelo Conselho Internacional dos Enfermeiros  é “Saúde é um Direito Humano”.  A instituição pretende mostrar que os enfermeiros podem ter um papel fundamental para  garantir uma maior  acesso aos cuidados de saúde.