Lisboa garante apoio à Madeira para os regressados da Venezuela

Rita Andrade plenário de GR 3-5-2018
Rita Andrade reuniu-se, em Lisboa, com a secretária de Estado da Segurança Social.

O Governo da República garantiu “os apoios a cidadãos carenciados regressados da Venezuela”, reportando-se a situação a um reforço que será efetuado “na medida das necessidades comprovadas de verbas adicionais”. Esse valor valor está estimado, na presente data, em aproximadamente 900 mil euros.

Esta é uma das decisões saídas da reunião que a secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais manteve hoje, em Lisboa, com a secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim.

Neste encontro, foi ainda garantida “a transferência, no curto prazo, de cerca de 400 mil euros para atualizar todos os acordos de cooperação vigentes com as Instituições Particulares de Solidariedade Social, correspondendo a uma atualização de 2.2%, com efeitos reportados a janeiro de 2018”.

Rita Andrade referiu o compromisso de “serem revistos, em alta, os valores afetos a estabelecimentos e serviços da Ação Social, concretamente Equipamentos Residenciais para Idosos (Lares) e Serviço de Ajuda Domiciliária”.

No encontro, esteve também presente a presidente do Instituto de Segurança Social da Madeira, Augusta Aguiar.