Sara Madruga modera hoje painel na Convenção Nacional de Santana Lopes

Sara Madruga da Costa, deputada à Assembleia da República e mandatária de Pedro Santana Lopes na Madeira terá uma participação relevante na Convenção Nacional do candidato à liderança do PSD, Pedro Santana Lopes, que se realiza hoje em Lisboa.

Segundo uma nota de impresna, a mandatária que representa o PSD no grupo de trabalho sobre o Mercado Único Digital da Assembleia da República, será a moderadora de um painel temático que abordará a “Importância da Inovação, Investigação e Criatividade no Crescimento Económico”, primeiro eixo da moção estratégica global “Unir o Partido, Ganhar o País”.

Serão oradores do referido painel João Silveira Botelho, administrador da Fundação Champalimaud, o professor e ex-secretário de estado da cultura Jorge Barreto Xavier, Tânia Vinagre, investigadora, Tiago Pinto, Brand and Partner Manager PHYEN e Miguel Pina Martins da Science4you.A Convenção Nacional vai juntar políticos, empresários, investigadores e empreendedores em vários debates temáticos simultâneos, numa iniciativa que tem um formato inovador. Os debates estão organizados em torno dos três eixos programáticos estabelecidos pelo candidato: Inovação, Crescimento e Competitividade; Políticas Sociais; e Coesão Territorial e Modernização do Sistema Político.

A iniciativa é aberta a todos os militantes do PPD / PSD e a todos os cidadãos interessados no futuro do país.

O representante da Comissão de Honra de Pedro Santana Lopes na Madeira, Miguel de Sousa também estará presente neste evento.

Este lugar de destaque conferido à Madeira na Convenção Nacional é apenas um dos muitos exemplos que demonstram a atenção que o candidato “autonomista convicto” tem concedido à Região.
“A construção do Novo Hospital da Madeira, os preços vergonhosos dos transportes aéreos e a importância do CINM e do Registo de Navios fazem parte e têm sido uma constante da agenda e do discurso político de Santana Lopes que apresentou 13 medidas para valorizar e potenciar a Região e quis presentear os militantes sociais democratas madeirenses com um manifesto eleitoral próprio que será distribuído nos próximos dias”, revela a nota de imprensa.

As eleições internas nacionais do PPD/ PSD estão marcadas para o dia 13 de janeiro.