Novo concurso para o ferry com caderno de encargos pronto até final desta semana

Fotos Rui Marote

Apesar de 13 potenciais concorrentes terem levantado o caderno de encargos, nenhum apresentou propostas à linha ferry entre a Madeira e o continente.

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado confirmou, esta manhã, à margem dos trabalhos de discussão do orçamento regional, na Assembleia Regional, que o concurso ficou deserto.

Face à situação, o Executivo avança para o “plano B” que consiste na elaboração de um novo caderno de encargos, agora adstrito aos meses de verão.

O novo caderno de encargos estará concluído ate+ final desta semana.

Pedro Calado reconheceu que é pouco apetecível aos armadores uma operação ao longo de todo o ano pelo que se cingirá a uma período estival que não quis precisar.

Certo é que a despesa manter-se-á, ou seja 3 milhões de euros.

O vice-presidente acredita que com esta alteração das condições haverá interessados e que, no próximo Verão de 2018, já haverá ferry a operar na linha.