Idalina Silva apresentou proposta de recomendação pela segurança no Largo da Fonte, Monte; coligação Confiança votou contra

Idalina Silva, deputada municipal do PSD, apresentou hoje, na primeira reunião de Assembleia Municipal do Funchal, uma proposta de recomendação pela segurança do Largo da Fonte e da população da freguesia do Monte.

A proposta mereceu os votos favoráveis de todas as forças partidárias, com excepção da Coligação Confiança, que votou contra a intervenção no Largo da Fonte e terrenos adjacentes.

“Aquilo que peço ao Município do Funchal é que seja feita uma intervenção capaz naquele espaço que compõe o Parque Leite Monteiro”, apelou Idalina Silva.

Solicitando ao executivo camarário informações e garantias sobre a segurança do Largo da Fonte e terrenos anexos, independentemente do processo que está em curso no Ministério Público, a deputada municipal defendeu a disponibilização dos relatórios finais das perícias realizadas.

“O nosso apelo é que sejam disponibilizados – porque a Junta de Freguesia já solicitou e não foi disponibilizado – à Assembleia Municipal o relatório final das perícias mandadas realizar pelo Município do Funchal no Largo da Fonte, bem como o relatório detalhado da intervenção realizada pelos técnicos espanhóis nesta área e ainda os estudos e pareceres técnicos que permitiram abrir o Largo da Fonte à circulação das pessoas.”

Dizendo que já depois da reabertura do Largo da Fonte às pessoas, a Junta de Freguesia do Monte solicitou a intervenção dos Bombeiros Municipais para retirar um galho que estava seco e solto naquele local, Idalina Silva defendeu uma maior transparência e cooperação por parte da Câmara Municipal.

“O que nós queremos é que haja uma postura de cooperação e de transparência, porque naturalmente nós todos fomos eleitos para defender o interesse da população”, alertou, sublinhando que esta proposta é feita por respeito às vítimas da “desgraça” que aconteceu na freguesia.