Carlos Pereira diz no jantar de Natal que PS-M será governo regional em 2019

“Vivemos um tempo ímpar na vida política da Madeira que tem a ver, sobretudo, com a afirmação crescente e imparável do PS-Madeira”, considerou Carlos Pereira, no jantar de Natal do partido. “Ontem, o senhor presidente do Governo, ainda presidente do governo e do PSD, para evitar falar do crescimento do PS e para evitar falar da afirmação do PS resolveu, no seu discurso de Natal, dizer que havia um movimento crescente de esquerdas, que estava a tentar derrubar o PSD, disse o líder socialista regional”. Ora, concluiu, o PS é um partido de esquerda, “mas o movimento crescente que se está a viver na Madeira não é das esquerdas, é3 do Partido Socialista da Madeira”. Carlos Pereira falava no tradicional jantar de Natal do PS, que decorreu no Hotel Encumeada.

Neste evento, o líder socialista reagiu às declarações do presidente do PSD/M de que o seu partido está preparado para conquistar uma maioria absoluta em 2019. Carlos Pereira está convicto de que tal não será uma realidade, atendendo aos resultados dos dois partidos nas últimas autárquicas, em que o PS subiu  nas escolhas do eleitorado. O líder socialista garantiu que o PS está direccionado para ser Governo Regional em 2019 e que Miguel Albuquerque será o último “delfim” de Alberto João Jardim.

Carlos Pereira, antes de desejar “um Feliz Natal e um próspero ano 2018”, salientou​ que a única esperança dos madeirenses e porto-santenses é o Partido Socialista, vincando que quer implementar um projecto socialista no sentido de fazer face ao “logro político” do PSD.

No jantar, refere comunicado enviado à nossa Redacção, estiveram cerca de 600 militantes e simpatizantes.