Carlos Pereira insiste em reestruturação dos portos da Madeira

O presidente do PS-Madeira, Carlos Pereira, realizou esta tarde uma conferência de imprensa, junto à Vice-Presidência do Governo Regional, onde afirmou que é preciso fazer, de uma vez por todas, a reestruturação dos portos da Madeira e, por sua vez, garantir a queda dos preços dos transportes marítimos. “Este governo prometeu, de facto, uma reestruturação e prometeu, por exemplo, que haveria uma concessão de serviço público da gestão portuária. Ora, passaram dois anos e meio e não foi feito, absolutamente, nada”, criticou.

Carlos Pereira disse ainda que “o PS deu mais oportunidade ao governo para cumprir as suas promessas, apresentando uma proposta de lei que permitia a criação de um concessão para serviço público da operação portuária”. No entanto, o PSD votou contra essa proposta, alegando que era um processo que estava em curso. O líder socialista lembrou, desde o ano 2000, que o governo do PSD diz que vai mudar e reestruturar a operação portuária. Contudo, nada aconteceu até agora. “Esta é mais uma das promessas de tantas outras que foram feitas, ao longo destes anos, e que não teve nenhum efeito para a Madeira e, sobretudo, não teve impacto nas famílias e na vida das empresas da Madeira. Parece que o PSD está a fazer o que fez, sempre, que é arrastar outra vez este processo e, agora, quer arrastar o processo para os tribunais e, enquanto, vai arrastando o processo, nós continuamos a ser a única região do país a ter os transportes mais caros da Europa”, lamentou.

Carlos Pereira garantiu que não vai desistir desta matéria, até que a mesma seja concretizada, de permitir que os portos da Madeira seja mais competitivos e ofereçam preços de transportes marítimos mais baratos.