Conferência no MASF sobre o Pe. Pita Ferreira e a sua obra é já na sexta-feira

O Museu de Arte Sacra do Funchal realiza já na próxima sexta-feira a primeira das quatro conferências de um ciclo que se prolonga até Fevereiro de 2018, e que está a cargo do cónego Vítor Gomes, pároco da Sé, que abordará o tema “O Padre Pita Ferreira e a Educação Cristã na Madeira”.

No âmbito do programa para residentes associado à exposição dos 500 Anos da Dedicação da Sé do Funchal, o Museu de Arte Sacra programou um pequeno ciclo de Conferências Temáticas, que se realizarão entre o corrente mês de Novembro e Fevereiro de 2018.

Uma vez que o ponto de partida para esta exposição foi a selecção do património artístico relacionado com a Sé do Funchal, na relação com a importante monografia “A Sé do Funchal”, de 1963, produzida pelo Padre Pita Ferreira (1912-1963), a mesma exposição insere, no seu “1.º núcleo”, uma importante homenagem a esta figura da história recente da Diocese do Funchal, cujo trabalho foi, entre outras dimensões, fundamental e pioneiro no estudo e valorização do património religioso da Madeira, refere nota da instituição museológica.

“São essas outras dimensões e aspectos do seu trabalho de estudioso das questões onde se articulam as artes, a fé e a cultura, que este ciclo de conferências irá dar a conhecer de forma mais aprofundada”, promete o Museu.

As conferências temáticas inserem-se no programa especial para residentes (que permite a realização de visitas guiadas às quartas-feiras, conforme notícia já divulgada), permitindo que a exposição dos 500 Anos da Dedicação da Sé do Funchal, em geral, e a obra do padre Pita Ferreira, em particular, possam ser analisados em maior profundidade através de temas escolhidos e tendo como oradores especialistas reconhecidos nas respectivas áreas.

A participação nas conferências é de entrada livre, mas sujeita ao número limitado de lugares na sala.

As próximas conferências serão a 18 de Dezembro, quando o académico Jorge de Freitas Branco falará sobre o tema “O Padre Pita Ferreira, o Natal e a Etnografia Madeirense”; a 22 de Janeiro, quando a docente universitária Isabel Santa Clara abordar o assunto “Contributos do Pe. Pita Ferreira para a História da Arte na Madeira”, e a 22 de Fevereiro, altura em que o historiador Nelson Veríssimo discorrerá sobre o “O Contributo do Padre Pita Ferreira para a Historiografia Madeirense”. O horário é das 15h30 às 17 horas.