Capela das Babosas, no Monte, será réplica do templo destruído


Sílvio Mendes

O grande temporal ocorrido na Madeira a 10 de fevereiro de 2010 destruiu a capela de Nossa Senhora da Conceição que estava situada no Largo das Babosas na freguesia do Monte.
De imediato, a paróquia do Monte e a Diocese do Funchal mobilizaram esforços para uma nova construção e muitas pessoas entre elas emigrantes madeirenses têm feito donativos para a sua construção.
Em 2012, foi noticiado que a nova capela de Nossa Senhora da Conceição, conhecida popularmente como «capela das Babosas», deverá ser construída nos próximos tempos e foi concluído um projeto arquitetónico, que, conforme foi referido oferece uma conceção material, simbólica, em forma de «vela ou chama»; e enquadra-se no mesmo espaço envolvente, natural, em consonância com as montanhas e os cursos de água existentes nos arredores, e em que a anterior capela estava localizada.
O início das obras esteve dependente da disponibilidade financeira da paróquia do Monte que indicou um “plafond máximo de 400 mil euros”.
Todavia, as obras nunca se iniciaram por falta de verbas. A grande maioria das pessoas não concordou com a nova capela e queria que nas Babosas se construísse uma réplica da capela que sempre ali existiu.
E esse desejo parece que agora vai ser concretizado pois numa reunião realizada na passada semana na paróquia do Monte orientada pelo Padre Giselo Andrade e na qual participaram os elementos das diversas organizações paroquiais foi decidido, por total maioria, que o novo templo seja uma réplica da capela que foi destruída.
Foi também decidido colocar esta decisão à apreciação da população e para tal foi posto na igreja do Monte um folha em que se perguntava quem queria que a capela das Babosas fosse construída igual à que lá existia.
Num só dia, 500 pessoas disseram “sim” ao projeto.
Assim, estão reunidas as condições para o início das obras que vão ter apoios oficiais e cuja conclusão há muito é desejada.