ISAL salienta o seu papel no turismo madeirense, a propósito do Dia Mundial do sector

O ISAL celebrou ontem o Dia Mundial do Turismo, salientando, a propósito, o papel da instituição na qualificação dos profissionais do sector na Região.

Considerado um dos maiores sectores económicos do mundo, o turismo assume-se de importância vital para a economia de muitos países, que têm no mesmo um elemento essencial para o crescimento e desenvolvimento económico, refere uma nota do ISAL.

A constante procura de novos e melhores profissionais tem-se reflectido na oferta de diferentes níveis de ensino, com especial enfoque para o ensino superior e ensino profissional. Neste âmbito, o papel da educação e formação tem vindo a ser realçado, com vista à consolidação qualitativa do sector e como elemento essencial de estruturação equilibrada ao nível regional e nacional.

O Ensino Superior surge no ano de 1986, com a criação dos primeiros cursos superiores de turismo, conferindo o grau de bacharelato. Estes cursos provieram de Instituições de Ensino Superior privadas. O ISAL foi a quarta Instituição de Ensino Superior a criar cursos Superiores na área do turismo a nível nacional.

O ISAL igualmente foi a primeira Instituição de Ensino Superior na RAM com cursos na Área do Turismo, quando no ano de 1989, promoveu à criação de dois cursos, nomeadamente o bacharelato em Técnicas de Turismo, e o bacharelato em Organização e Gestão do Turismo.

Na área do ensino superior em turismo e gestão hoteleira, o ISAL até ao presente, formou 608 profissionais, sendo 237 na área da Gestão Hoteleira e 371 na área do turismo puro.

De particular relevância para os profissionais de Turismo na RAM, o ISAL ministrou cursos de guias intérpretes nacionais e promoveu os exames de acesso à carteira de Guia Intérprete Nacional. Estes cursos foram descontinuados por ter deixado de ser exigida a carteira profissionais às guias de turismo.

Desde os anos de 1987 a 2007, o ISAL formou 63 Guias Intérpretes Nacionais.

Na vertente da formação profissional, o ISAL ministrou CET – Curso Especialização Tecnológica, na área do turismo, denominado CET de Técnicas de Turismo Ambiental. Formou 52 alunos, no período de 2009 a 2014, data em que por imperativos legais estes cursos deixaram de ser ministrados por Instituições de Ensino Superior.

O ISAL tem 7 CTeSP aprovados, que são cursos superiores não conferentes de grau, de cariz técnico e profissional, que permitem o prosseguimento de estudos para o Ensino Superior, sendo que 3 CTeSP são na área do Turismo: são eles Gestão Hoteleira e Alojamento, Informação e Animação Turística, e Organização e Gestão de Eventos

Ao nível da formação pós-graduada, o ISAL realizou três edições da sua Pós-Graduação em Direcção Hoteleira, formando 50 profissionais.

Actualmente, o ISAL é a única Instituição de Ensino Superior na RAM com cursos de Licenciatura na área do Turismo e da Organização e Gestão Hoteleira, refere o comunicado.