PS-São Vicente diz que uvas a 50 cêntimos ao quilo é uma humilhação para os agricultores

A candidatura do PS-Madeira à Câmara Municipal de São Vicente, liderada por Ricardo Catanho, considera que, anteontem, 14 de setembro de 2017, o Governo Regional deliberou a sentença de morte do produto mais prestigiado e de mais valor para os proprietários agrícolas de São Vicente: o vinho.

Em causa as dificuldades de escoamento das uvas e o preço de 50 cêntimos/kg que o Governo Regional decretou.

Segundo a candidatura, desde que há memória, a partir da reforma do sector vitivinícola na Região Autónoma da Madeira, os proprietários de São Vicente nunca foram tão enganados, nem nunca sofreram tamanha humilhação.

“O Senhor Presidente da Câmara de São Vicente e o Senhor Secretário Regional da Agricultura devem urgentemente uma explicação aos senhores vitivinicultores de São Vicente, assumindo integralmente as suas responsabilidades”.

Segundo o PS, se não o fizerem, acabam por decretar a morte do vinho em São Vicente, como aconteceu com a casta jacquet, na década de 80, do século passado.